A equipe Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Ubiratã apreendeu na manhã de sábado, uma grande quantidade de celulares que eram transportados por uma família, em um automóvel Honda/Fit.

O veículo era ocupado por um casal e suas duas filhas, menores de idade. O condutor alegou ser pastor e estar vindo de uma ação religiosa no Paraguai, mas apresentou bastante nervosismo durante a conversa com os PRF.

A equipe resolveu fazer uma fiscalização minuciosa que identificou um compartimento oculto no teto do veículo com 170 aparelhos celulares, contrabandeados do Paraguai.

Diante dos fatos o condutor informou ter pago 162 dólares por cada aparelho e que os entregaria a um homem, em Maringá, que trabalha com vendas por meio do Mercado Livre.

O casal foi conduzido para a Polícia Federal de Cascavel e o veículo entregue na Receita Federal. O conselho Tutelar local foi acionado para acompanhar a ação, devida a presença das menores.

Para a PRF, o fato de a viagem ser feita em família e a história de ser pastor, era um meio de tentar ludibriar a fiscalização por parte dos órgãos competentes, semelhante a outra apreensão de drogas ocorrida dias anteriores aonde a condutora, de Cascavel viajava com a filha.

Informações e fotos: Assessoria de Comunicação/PRF